Conheça os 8 principais canais de vendas e saiba como usá-los

6 minutos para ler

Devido à transformação digital acelerada, as fronteiras entre o físico e digital estão cada vez mais integradas, o que torna a competitividade entre as empresas mais acirrada. Nunca antes foi tão importante contar com boas estratégias de atração e fidelização de clientes para contribuir para a expansão de um negócio.

Conforme as informações ficam mais fáceis de serem acessadas, pensar em como se destacar dos concorrentes e estar na mente dos consumidores pode significar o ganho ou a perda de um cliente em poucos minutos. Por isso, é fundamental estar presente em diferentes canais de venda

Confira abaixo como utilizar os principais canais de contato para aumentar suas vendas!

Afinal, o que são canais de vendas e para que servem?

Basicamente, canais de venda são os meios pelos quais as empresas promovem suas soluções ao público. Em outras palavras, é por onde um negócio comercializa seus produtos ou serviços, atraindo pessoas que têm intenção de compra.

Mas para que servem os canais de venda? Tendo em vista que na era digital é cada vez mais difícil se destacar dos concorrentes e chamar a atenção dos consumidores, os canais de venda servem como pontos de contato para que os consumidores possam conhecer mais sobre uma empresa e o que ela tem para oferecer. 

Quais são os principais canais de venda?

Uma estratégia de vendas pode contar com diferentes tipos de canais, que podem ser divididos em aspectos como online e offline

Com o comportamento dos consumidores em constante mudança, hoje os clientes esperam que as empresas ofereçam um atendimento mais rápido, fácil e eficiente. E mais, atrelado à maior utilização de smartphones e melhor qualidade de internet, é essencial contar com estratégias de venda online. Confira a seguir alguns exemplos dos principais canais digitais:

E-commerce

Consiste na loja virtual de uma empresa onde é possível comercializar produtos. Nela, o consumidor pode conhecer melhor o negócio e as soluções oferecidas e efetivamente realizar uma compra. 

Assim, é importante investir em um ambiente virtual que ofereça segurança, rapidez e praticidade ao usuário, tendo em vista que envolve dados sensíveis dos consumidores. Também é interessante contar com diferentes formas de pagamento e uma interface simples para realizar o processo de compra.

Email Marketing

O Email Marketing é um excelente canal de vendas online. Consiste no disparo de mensagens eletrônicas para um público específico. Por isso, para que seja o mais eficiente possível, é importante que você conquiste esse público de forma legítima, ou seja, fale com pessoas que realmente tenham interesse na sua marca.

Através de segmentações conforme a etapa da jornada de compra, você pode educar potenciais clientes e levá-los a finalizar a compra. E como fazer essa diferenciação? Aqueles que estão no início da jornada podem ser impactados por comunicações educacionais, enquanto quem estiver mais avançado, pode receber mensagens com uma abordagem mais direta de venda.

Você ainda pode pensar em comunicações institucionais para apresentar sua marca, produtos e serviços à base de potenciais clientes que você conquistou, informar as novidades do seu negócio, e muito mais.

Marketplace

O marketplace funciona como um shopping center online, disponibilizando produtos de várias marcas diferentes. Você deve conhecer alguns exemplos, como Americanas, Amazon, Mercado Livre, não é mesmo? Eles conectam os consumidores a diferentes soluções que as empresas oferecem. 

Mas qual o seu grande diferencial? O principal é a possibilidade de embarcar no alcance e credibilidade que essas empresas costumam ofertar ao seu público, que pequenos negócios não conseguiriam sozinhos, por exemplo. 

Redes sociais

Plataformas como Instagram, Facebook e WhatsApp são excelentes canais de interação com o seu cliente ou potencial cliente, o que faz delas ótimas soluções não apenas para o marketing, mas também para as vendas.

O Facebook, por exemplo, oferece a possibilidade de criação de uma página do seu negócio, assim como uma ferramenta de marketplace. Já o Instagram oferece o Instagram Shopping para ofertar os produtos e, com apenas um clique, leva à página de compra. E vale lembrar que é possível integrar as redes sociais com a loja virtual, olha que demais! 

Google Ads

O Google Ads é uma ferramenta de criação e gestão de anúncios estratégicos do Google, utilizada para divulgar os produtos e serviços do seu negócio.

Com esta plataforma, é possível aumentar o alcance da sua marca, o que contribui para maiores conversões. Sua empresa pode comprar palavras-chave relevantes ao seu segmento e criar anúncios com elas. Esses anúncios serão exibidos para os consumidores no resultado de busca desses termos no Google, Google Maps e parceiros.

Não há dúvidas do potencial que canais de venda offline também podem agregar como valor ao seu negócio, principalmente quando falamos sobre a necessidade de se pensar em estratégias omnichannel para integrar cada vez mais o offline ao online. Confira a seguir alguns exemplos de canais de venda offline.

Ponto de venda

Os pontos de venda, também conhecidos como PDV, são os espaços de divulgação e venda de produtos ou serviços. Podem ser tanto físicos quanto online, mas como este tópico fala sobre offline, mencionamos principalmente os estabelecimentos que necessitam da presença de pessoas que realizem suas compras. Existem vários tipos de PDV físicos, mas destacamos aqui alguns deles:

  • loja própria;
  • franquia.

Venda direta

A venda direta é um canal de vendas que consiste no contato direto de um vendedor com o consumidor final. Você já teve contato com algum revendedor da Natura ou Avon? Eles são exemplos perfeitos desse formato!

Vale lembrar que os revendedores não têm vínculo empregatício com essas marcas, eles lucram através de comissão sobre suas vendas.

Telemarketing

Quem nunca foi impactado por algum tipo de ligação de telemarketing na sua vida? Esse canal de venda consiste em utilizar justamente o telefone como meio de contato e conversão. 

Como escolher os canais de vendas ideais para seu negócio?

A pergunta que não quer calar é: o que deve ser feito para escolher os melhores canais de venda para um negócio? Hoje há muitas opções, mas para ter sucesso, você precisa adotar aqueles que mais se adequam ao perfil do seu público.

Quem é seu cliente? Onde e como você pode impactá-lo? Tenha em mente esses aspectos e aposte em testes para entender o grau de receptividade das pessoas, a melhor linguagem a ser utilizada naquele canal, assim como a oferta que mais faz sentido naquele ambiente.

Gostou das nossas dicas? Aproveite e baixe o nosso e-book sobre como impulsionar o seu negócio com as ferramentas do Google.

Posts relacionados

Deixe um comentário