Veja como fazer o controle de receitas e despesas da sua empresa

4 minutos para ler

Você sabe quais são as principais fontes de receita da empresa? Elas se referem a todo tipo de renda gerada pelo seu negócio, as quais estão relacionadas à venda direta de seus produtos ou prestação de serviço. Além disso, elas podem ser provenientes de outras fontes, como investimentos, aplicação de juros e venda de equipamentos.

Já as despesas são os gastos relacionados à manutenção da sua empresa. No entanto, eles não estão relacionados diretamente aos produtos, mas sim a outros fatores, como transporte e alimentação de funcionários, aquisição de materiais de limpeza, entre outros.

Todos esses itens precisam ser controlados rigorosamente para não impactar negativamente o seu fluxo de caixa.

Se você não sabe como fazer isso de maneira eficaz, continue a leitura deste artigo até o final para conferir nossas dicas.

Organize as receitas e despesas por categorias

O primeiro passo para ter um melhor controle das despesas e das receitas da empresa é organizá-las por categorias. Quanto mais detalhista você for, melhor será o seu controle financeiro.

Nesse momento, leve em consideração as datas em que as transações ocorreram, a fim de possibilitar a estimação de entradas e saídas por período. A origem dos valores também precisa ser identificada para que você saiba de onde os recursos vieram e para onde foram destinados.

Por fim, lembre-se sempre de manter todos esses dados atualizados, uma vez que essa prática melhora a eficiência do seu controle e permite que falhas sejam reduzidas.

Tenha um capital de giro

O capital de giro se refere aos recursos financeiros necessários para manter a empresa em bom desenvolvimento. Ele é de suma importância para zelar e organizar as finanças da sua empresa, permitindo que ela tenha um crescimento sustentável sem precisar recorrer a linhas de crédito para conseguir sobreviver no mercado.

Em suma, podemos afirmar que ele equilibra as finanças de um negócio, tornando-o mais competitivo e facilitando a sua expansão.

Existem diversas maneiras de obter capital de giro. Você pode optar pela antecipação de recebíveis, empréstimos, financiamento empresarial, aporte de sócios, entre outras alternativas. Tudo vai depender do seu planejamento financeiro.

Para saber quanto precisará para o capital de giro, você pode usar a seguinte fórmula:

CG= (Contas a Receber + Estoque) – (Contas a Pagar)

Utilize softwares especializados

Controlar adequadamente as despesas e as receitas da empresa não é algo tão simples. Isso porque são muitos detalhes que precisam ser registrados para possibilitar uma análise eficaz dos dados e, assim, otimizar a sua tomada de decisão.

Nesse caso, o uso de softwares especializados se faz indispensável, mesmo que a sua empresa ainda seja de pequeno porte, uma vez que essas ferramentas permitem o registro correto das informações, diminuindo a necessidade de retrabalhos em decorrência de equívocos.

Existem diversos fornecedores de softwares financeiro no mercado. Ao escolher o seu, leve em consideração a segurança do sistema e se ele atende às necessidades da sua empresa.

Capacite sua equipe

Embora pareça uma atividade simples, o controle de despesas e receitas da empresa costuma ser bem burocrático. Por essa razão, é importante que você invista em capacitação para tornar a sua equipe cada vez mais eficiente. Seus colaboradores poderão encontrar maneiras mais eficazes de organizar esse trabalho, identificando tendências de mercado que auxiliam na otimização do controle.

Agora você já sabe como fazer o controle das despesas e receitas da empresa. Para otimizar ainda mais essa organização, identifique as áreas que podem receber investimentos e que ajudarão o seu negócio a crescer e quais ativos devem ser guardados para projetos futuros.

É importante também que você saiba como fazer a sua empresa crescer financeiramente de forma efetiva para conquistar mais espaço no mercado. Não deixe de conferir!

Posts relacionados

Deixe um comentário