Confira esses 4 erros de um empreendedor e saiba como evitá-los!

3 minutos para ler

Diante de qualquer nova empreitada, cometer equívocos é bastante comum. No caso de micros e pequenas empresas, um em cada quatro novos negócios fecham antes de completar dois anos de existência no mercado. As principais causas são erros comuns aos empreendedores iniciantes.

A boa notícia é que eles podem ser facilmente evitados. Por esse motivo, separamos os 4 erros mais frequentes de um empreendedor e indicamos o caminho certo a seguir para que seu negócio, além de sobreviver no mercado, ganhe competitividade. Confira!

1. Começar sem um plano de negócios

O plano de negócios é uma ferramenta imprescindível para começar um empreendimento a partir de dados realistas. Trata-se de um documento que detalha os objetivos do negócio e quais passos devem ser dados para atingi-los. Dessa maneira, é possível reduzir os riscos e as incertezas. Ele permite que o empreendedor:

  • analise a viabilidade do negócio;
  • olhe para a empresa como um todo;
  • defina os objetivos a serem alcançados a médio e longo prazo;
  • trace estratégias mais efetivas e concretas com base em dados financeiros e comerciais;
  • realize investimentos de maneira mais segura;
  • atraia a atenção de investidores para aportes financeiros e tenha mais facilidade no acesso às linhas de crédito;
  • conheça o mercado no qual atuará.

2. Misturar as finanças pessoais com as da empresa

Esse é outro grande erro de empreendedores iniciantes e que pode levar ao fechamento do negócio. A gestão financeira deve ser uma prioridade. Se não houver uma divisão clara entre o patrimônio empresarial e o pessoal, a tendência é utilizar o dinheiro da empresa para benefício próprio. O resultado disso é o comprometimento da saúde financeira e, posteriormente, a falência.

O dono deve fixar uma retirada mensal, chamada de pró-labore, e descartar a possibilidade de saques extras. Vale lembrar que os recursos da empresa devem sem empregados em investimentos para que possa crescer e ganhar destaque frente aos concorrentes.

3. Deixar de investir no empreendimento

Não há como negar que o mercado está cada vez mais competitivo. Sendo assim, é preciso investir na empresa para garantir desenvolvimento e lucratividade maior. Lançar novos produtos, qualificar a mão de obra, adquirir equipamentos mais modernos para otimizar os processos, melhorar a infraestrutura, criar diferenciais para mercadorias ou serviços, abrir uma filial, adotar a digitalização são apenas alguns exemplos do que deve ser feito para expandir o negócio.

4. Não se capacitar

Essa falha é gravíssima e coloca seu empreendimento em risco desde o início. Além de conhecer bem a área do seu negócio, é fundamental ampliar seu conhecimento e manter-se sempre atualizado. Lembre-se de que a capacitação deve ser contínua.

Frequente eventos como palestras, feiras e workshops voltadas a esse mundo. Também leia sobre o assunto, faça cursos e treinamentos. Há muito material excelente disponível na internet e que pode ser acessado a qualquer tempo. Aproveite todas as oportunidades de aprendizado para administrar seu negócio de forma eficiente e rumo ao sucesso.

Agora que você já sabe quais são os principais erros de um empreendedor iniciante, mantenha seu foco para não cometê-los e, assim, assegurar o posicionamento do seu negócio no mercado.

Posts relacionados

Um comentário em “Confira esses 4 erros de um empreendedor e saiba como evitá-los!

Deixe um comentário