5 dicas de como vender na crise e conseguir manter seu negócio

4 minutos para ler

As pequenas empresas têm enfrentado um período de dificuldade e incertezas, em meio a uma crise econômica global causada pela pandemia do novo coronavírus. Nesses tempos difíceis, em que a receita diminui, é preciso descobrir como vender na crise.

Reunimos nesse artigo algumas soluções que você pode adotar, em sua empresa, para proteger seus negócios e incrementar as vendas.

1. Faça um diagnóstico de seu negócio

A sua estratégia para enfrentar a crise deve ser baseada em fatos concretos. Por isso, elabore um diagnóstico que ajude a entender a situação atual da empresa nesse momento. Alguns dos principais fatores a serem observados durante essa investigação são:

  • ações de marketing;
  • indicadores financeiros, como fluxo de caixa e lucro;
  • logística;
  • pessoal;
  • processos operacionais.

Liste os pontos fracos e pontos fortes de cada uma das áreas analisadas, compare os indicadores de desempenho e estabeleça um plano de ação priorizando uma resolução aos problemas mais urgentes.

2. Corte despesas e reduza custos

É hora de reunir a equipe e descobrir como reduzir custos e diminuir o impacto da crise na receita do negócio. Esse é o momento de rever custos fixos e os gastos com fornecedores, por exemplo. Se não for possível substituir tais parceiros, tente negociar novos termos de contrato. Nenhuma empresa quer perder um cliente nesse momento tão delicado, portanto, mostre-se flexível para que vocês encontrem juntos um caminho justo para os dois lados.

Aproveite também os benefícios tributários oferecidos pelo governo federal e pelos governos estaduais e municipais para garantir o fluxo de caixa das micro e pequenas empresas.

3. Visualize outras oportunidades de atuação

Períodos de desaceleração da economia são uma excelente oportunidade para explorar maneiras de adicionar receita ao seu negócio. Diversificar o mix de produtos e elaborar uma segmentação para atender diferentes perfis de consumidores ajudam o negócio a crescer.

Quem tem uma empresa que confecciona roupas femininas para festas pode ter visto as vendas diminuírem, já que as pessoas não têm saído de casa.Nesse caso, pode ser interessante investir na produção de modelos mais básicos de roupa.

Considerados produtos de conveniência, a compra desses produtos é frequente mesmo em períodos de desaceleração da economia. Mas vale investir em promoções para aumentar vendas.

4. Diversifique os canais de venda e atendimento

A inovação é uma medida essencial para garantir as vendas em tempos de crise e ela pode começar com a ampliação dos canais de venda para atingir novos consumidores. Use as redes sociais para apresentar seus produtos e serviços e adote uma estratégia para aumentar a visibilidade do seu site. Caso você ainda não tenha uma página própria para sua empresa, invista no marketplace. Além de oferecer muita visibilidade, esse canal exige um baixo investimento.

Se o consumidor não puder ir até a sua loja, que tal adotar o serviço de entrega em domicílio? Coordene o delivery com os canais digitais e entre em contato com antigos clientes informando os novos canais de atendimento.

5. Conheça as dores dos seus clientes

A pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em maio de 2020, indica que o comportamento do consumidor mudou após as medidas de isolamento social. Além de uma diminuição do poder de compra de 40% dos entrevistados, esses consumidores também afirmaram que não estão dispostos a comprar com a mesma frequência que faziam antes da crise.

Isso mostra que as necessidades das pessoas mudam e, para abraçar as oportunidades, sua empresa deve identificar e entender essas demandas. Imagine que seu cliente também viu o poder de compra diminuir, uma solução para essa dor seria oferecer descontos em seus produtos ou serviços, por exemplo. 

Gerir sua empresa durante a desaceleração da economia é um grande desafio, mas lembre-se que esses tempos difíceis vão passar. Com inteligência emocional, planejamento e muito trabalho, você saberá como vender na crise e diminuir custos. Assim, seu negócio vai sobreviver mais forte, pronto para continuar crescendo.

Aproveite e compartilhe essas dicas nas redes sociais e ajude outros empreendedores a encararem esse período crítico para os negócios.

Posts relacionados

Deixe um comentário