4 dicas de como montar uma vitrine virtual para atrair mais clientes

4 minutos para ler

Mais que um espaço para a apresentação de produtos e serviços, a home do seu e-commerce é um importante veículo para a captação dos clientes. Além de aumentar a visibilidade de seu site, esse espaço deve ser convidativo para estimular a permanência do consumidor e garantir a conclusão da compra, mas você sabe como montar uma vitrine virtual?

Este artigo foi desenvolvido especialmente para quem deseja explorar os potenciais da fachada da loja virtual. Com nossas dicas, descubra como consolidar sua marca, encantar os consumidores e realizar mais vendas.

O que é vitrine virtual?

Assim como em uma loja física, a vitrine virtual é o cartão de visitas do seu site e dá uma prévia do que o consumidor vai encontrar em seu e-commerce. Ela deve ser personalizada de acordo com a identidade da marca e objetivos do negócio. Uma empresa que trabalha com diferentes coleções ao longo do ano pode ter uma grande foto de destaque na página inicial do site encaminhando para os produtos, por exemplo. Outro tipo de negócio pode preferir a descrição da marca em um banner, apresentando os produtos em ícones menores ao final da página.

Como montar uma vitrine virtual certeira e sedutora?

Confira as nossas dicas a seguir e descubra os elementos que tornam a página inicial de sua loja virtual mais eficiente.

1. Escolha bem os produtos

Merecem destaque, na vitrine, os produtos que são mais adequados à sua persona. A disposição desses itens pode ser feita a partir de grupos. Veja alguns exemplos:

  • produtos mais vendidos: essa organização é um jeito simples de apresentar sua marca e indicar os itens preferidos dos consumidores;
  • produtos em promoção: aproveite para divulgar as mercadorias paradas no estoque com descontos especiais para atrair os visitantes;
  • produtos sazonais: apresente uma lista com os artigos mais vendidos em datas comemorativas.

2. Garanta uma boa variedade de itens

O ideal é que exista um rodízio de apresentação dos produtos para que o consumidor possa visualizar a variedade de itens disponíveis em seu e-commerce.

Além disso, sempre que incluir novos itens na loja virtual, certifique-se de incluí-los na home. Já os produtos de datas temáticas devem ser retirados da página inicial assim que for encerrado o período comemorativo. Também não deixe de excluir os anúncios dos produtos que estão fora do estoque. Nada mais frustrante para o consumidor que encontrar um anúncio atrativo e não poder concluir a compra.

3. Ofereça uma interface de fácil navegação

O e-commerce deve ser projetado com o intuito de facilitar a acessibilidade e navegação dos usuários. Algumas funcionalidades devem ser priorizadas, como o design responsivo, que facilita o acesso à loja virtual tanto no computador quanto nos dispositivos móveis. Também é importante incluir em sua vitrine:

  • apresentação das opções de pagamento e frete;
  • filtros que ajudem o consumidor a refinar a pesquisa;
  • botão para a criação de conta para agilizar o processo de pedidos;
  • “fale conosco” ou chatbot para esclarecer dúvidas; 

4. Explore o marketing sensorial 

Apelar para os cinco sentidos em uma interação virtual pode ser desafiador, mas, apesar das limitações, é possível implementar o marketing sensorial e gerar mais vendas em uma loja virtual.

Escolha um layout convidativo e explore o sentido da visão com o uso de cores utilizadas na identidade visual da marca. Aposte em imagens de alta qualidade e textos descritivos que destaquem as características do item anunciado. A inclusão de vídeos explicativos, que apresentam ou complementam os anúncios, também funcionam como uma estratégia para a atração e conversão dos clientes.

Essas ações são o ponto de partida que orientam como montar uma vitrine virtual, mas existem muitos outros recursos a serem explorados. Visite os sites de outras empresas e inspire-se. Não se esqueça de fazer testes para garantir que a página atenda às necessidades dos clientes e esteja aberto ao feedback dos visitantes para aprimorar a navegabilidade de sua vitrine.

Por fim, compartilhe essas dicas nas redes sociais e ajude outros colegas empreendedores a atrair mais clientes no e-commerce.

Posts relacionados

Deixe um comentário